Formação Plural

December 14, 2017

 

É um privilégio contribuir com a formação humana em qualquer atividade docente. Mesmo que pontual, mesmo que direcionada, e mesmo que subvalorizada. A atividade do docente oferece certas oportunidades, e até, que o percentual dos que aproveitem chegue a parcos um porcento,  já é valiosa.

 

 

 

Aconselho aos amigos dedicar-se minimamente a ensinar. Todos somos propulsores - filósofos fundamentais da educação se alinham nessa ótica.

 

 

 

 

Leciono no Conservatório Souza Lima desde 2003. São quase 15 anos de dedicação. E hoje me orgulho de ter tantos alunos formados, encaminhados para carreiras musicais, profissionais atuantes. Que modificaram seu trabalho. Que se recondicionaram. Que utilizaram nossas aulas para um aprimoramento profissional pontual. Ou para uma preparação a um vestibular. Para profissionalização. 

 

E muito também, para aqueles que vieram apenas realizar uma formação cultural e seguiram para outros caminhos de suas carreiras. Contribui-se de forma marcante. E a alegria do contribuir é imensa. Até mesmo daqueles que vieram para uma realização pessoal. Que já trabalham em outras áreas e não irão mudar de profissão mas sempre sonharam em se dedicar a música.

 

Música faz parte de uma formação plural que todo ser-humana deveria possuir. Uma formação que transpassa a sensibilização. Quem estuda música faz diferente.

 

Até quando vamos deixar de lado uma formação plural? 

 

Viva a música! Viva a arte dos sons!

 

Em comemoração aos 15 anos lecionando no Souza Lima, hoje completa do convite. E em homenagem ao amigo Dejair Candido que iniciará carreira docente.

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

todos os direitos reservados 2020

Ouça João Marcondes no Spotify, Deezer, iTunes Music e similares

Contato | 55 11-982296553