SUÍTE LIBERDADE

Estava ensaiando esse álbum com o grande amigo Azael Rodrigues dias antes de sua partida. Azael fizera em 2015 a música Suíte Liberdade em homenagem a mim, pela segundo ele "versatilidade artística" que conservava. Por ser letrista, arranjador, compositor, também instrumentista. Por me dedicar a música erudita e a música popular - que para mim, qualificação como essa não deveria existir.

Suíte Liberdade tinha a canção Gismonti, Piazolla, Dominguinhos e Hermeto. E depois de pronta a música juntos decidimos que a convergência e o percurso eram mais importantes que o enredo pré-estabelecido. Suíte Liberdade virou algo completamente livre. Tocávamos o que queríamos por horas e horas. Não gravamos o repertório desse trabalho. Juntos fizemos o disco Cantilena e o Coletivo São Paulo-Milào. Esse repertório (se é que havia) coube gravar sozinho imaginando suas intervenções. Toquei só. Foram 3 músicas minhas prontas, o que resto criei na hora mesmo em sua homenagem.

Suíte Liberdade serão 3 trabalhos sem prazo para gravação.

O primeiro Algo sobre a expressividade. O segundo Algo sobre a Euforia. O terceiro Algo sobre o tempo.

Ao amigo, ao grande amigo Azael Rodrigues. Saudade.

Não gravei a canção Suíte Liberdade apenas conversei em seu enredo.

todos os direitos reservados 2020

Ouça João Marcondes no Spotify, Deezer, iTunes Music e similares

Contato | 55 11-982296553